11/03/2019

QUANTO CUSTA PARA MANTER UMA LANCHA?

Essa é a dúvida clássica de quem procura diversão, descontração com autonomia e toda a liberdade que só um barco pode oferecer. A resposta não é complicada, mas varia de acordo com as características da embarcação. Confira a seguir os itens obrigatórios e os valores para investir ao comprar um barco que mede entre 30 e 40 pés.
Documentos. Sem dúvida, a documentação é a primeiro e mais importante dos investimentos, porque são obrigatórios. Para ingressar na vida náutica e comprar seu barco, você precisa de 4 documentos: o Título de Inscrição de Embarcação; o Termo de Responsabilidade, o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Embarcações ou Cargas e a Carteira de Habilitação. Cada um tem seu prazo de validade, mas o valor varia entre 400 e 800 reais. Além disso, é preciso somar o preço dos cursos de Arrais Amador, que em SP chega a R$ 1200. 
Seguro. Além do seguro obrigatório, é importante e responsável fazer o seguro do barco, para ficar tranquilo mesmo diante de imprevistos. O preço pode variar de 0,5 a 2% do valor da lancha. O valor também é definido de acordo com o tipo e o valor da embarcação, material do casco, ano de construção, tamanho, propulsão e onde vai ficar (garagem ou marina).
Marina, garagem ou iate clube. Os custos para guardar o barco também sobre fvariações por fatores distintos como a disponibilidade de vagas em relação à demanda e também os serviços oferecidos. A média no Brasil é de R$ 60 mensais por pé da embarcação. Por exemplo: se o sua lancha tem 40 pés, o preço de uma vaga de guarda vai custar em média R$ 2400 por mês.
Manutenção. Entre todas as peças que compõe uma lancha, o motor é a que mais necessita de atenção e frequente manutenção. Entretanto, é altamente recomendado fazer as revisões corretamente e sempre ficar de olho no sistema de refrigeração, baterias, bombas, geradores e painel elétrico. É importante analisar o casco para verificar a presença de algum dano que precise ser restaurado antes de qualquer passeio. O custo das manutenções para barcos médios e pequenos gira em torno de R$ 800. 
Combustível. Geralmente uma lancha é movida a gasolina ou diesel. O que rege a variável desse item são as informações técnicas e de consumo do motor. Mas uma coisa é certa: o abastecimento é necessário e o tipo do combustível precisa ser considerado para evitar problemas de funcionamento ou perda da potência do barco.
Marinheiro. É impossível estimar o custo exato de um marinheiro, mas sem problemas, pois o trabalho desse profissional, muitas vezes, é dispensável. Isso acontece porque, em diversos barcos, a pilotagem pode ser feita pelo proprietário e a manutenção, pela própria marina. Entretanto, caso sejam necessários os serviços desse profissional, o valor será determinado pelo seu currículo e experiência.
Agora você já pode calcular quanto custaria para manter o barco dos seus sonhos, e qual o modelo mais viável para você e sua família neste momento. É só fazer a escolha certa e viver momentos inesquecíveis que nenhum outro equipamento de lazer e convivência conseguiria proporcionar. Prepare-se para zarpar!